quarta-feira, 2 de abril de 2014

Por você.

Diz-me em silêncio
que é amor...
Fala-me ao coração,
ao corpo - todos os sentidos!

Grita em mim silenciosamente
o que o meu ser deseja ouvir!

É por você que eu me recrio,
preencho o que em mim está vazio...
É por você que eu vivo de amor!

Anderson Oliveira.

3 comentários: