segunda-feira, 18 de março de 2013

Cyber mundo.


Coloridos são os espaços-naves
donde os náufragos do futuro
atracaram suas ideias.

E o mar ficou revolto...
Cibernético e revolto...
Cyber mundo (in)futuro.

Anderson Oliveira.

2 comentários:

  1. É um bom poema, reflexivo. Parabéns pela criação!

    ResponderExcluir
  2. Esse mundo cibernético ainda nos leva para algum lugar que pode ser nenhum.

    Beijos.

    ResponderExcluir